Páginas

sexta-feira, 25 de maio de 2012

Relato 6 - Hotel de Santa Teresa!

Seguindo a ordem dos relatos, hoje eu deveria falar do Vestidon!
Mas como eu gosto de criar um expectativa vou falar de onde eu e minha mãe nos arrumamos!

Desde que fechei a Casa de Santa Teresa eu sabia que tinha que ficar em um hotel próximo. Afinal, eu queria fazer umas fotos pela rua e ficar perto para não me atrasar (oh, ironia do destino!!!).

Só que o hotel nunca foi uma mega prioridade. Então, eu fui enrolando, enrolando, enrolando. Até que o Alto de Santa Teresa já não tinha mais a minha data disponivel. Confesso que fiquei triste pois seria uma ótima econommia, mas ...

Liguei por Hotel de Santa Teresa e cai pra trás com o preço!
Mas ai ficamos pensando, pensado, pensando de novo. E resolvemos fechar a suite junior, a mais barata!

No meio do caminho, reservei o carro deles também para me levarem a Casa de Santa Teresa. Ah, o atendimento é perfeito!

Quando cheguei lá no dia, para minha surpresa. Acho que não tinha mais nenhuma noiva no Hotel. Eles me deram de presente a Suite Master que eu amei quando fui conhecer o hotel e não tinha como arcar com o valor!



Essa é apenas a Sala do Quarto. Ainda tinha o outro lado com a cama king, Jacuzzi e Tv







Cheguei no quarto dando pulinhos de felicidade!!!
Quando a surpresa é boa, dá nisso! Mas no fim do dia teve a surpresa ruim!

quinta-feira, 24 de maio de 2012

Relato 5 - O convite

Bom, eu não lembro se comentei como foi a história do convite!
Mas vamos, lá! Talvez de novo!

No fim dos preparativos, eu já estava meio cansada de ter que ir aos locais ver e rever itens. 
Foi ai que a Lanna me indicou a Confeitaria dos Convites. Por ter a indicação da Lanna eu ganharia 10% de desconto o que deixaria o preço bem perto da Kasa dos Convites, que é um local super indicado por outras noivas por conta do preço.

Então, como ficaria no mesmo preço eu nem fui na Kasa dos Convites.

Só que após escolher o modelo, eu queria colocar o mapa para chegar na CST, ai tinha mais um valor. Acabou que o convite não saiu barato, e depois ainda teve o frete! 

Enfim, quando eles chegaram a principio eu achei lindo. O Bruno achou que a fonte ficou pequena. Mas depois quando fomos colocar os mini convites e o laço channel no envelope eu vi vários detalhes que não tinha atentado.

Meus envelopes estavam quase todos abertos. O fechamento deles eram com fita duplaface e não colou. Eu tive que colar todos os convites e com cuidado para não passar cola demais e sujá-los. 
Por conta disso tudo, eu acho que não foi uma das melhores escolhas que fizemos. Mas o convite em si, estava lindo. O grande motivo para fechar com eles, que foi o desenho da noivinha ficou bem como eu queria. E ainda conseguimos inserir o noivo com um contrabaixo. Então, eu gostei mas com ressalvas!



quarta-feira, 23 de maio de 2012

Relato 3 - O perfume

Eu não tinha um perfume que tinha que ser o escolhido.
Então, o perfume do Big Day foi meio ao acaso.

Eu tinha 3 opções: Ninna Ricci, o Nina Ricci Ricci Ric (que é um pouco mais doce) e um Carolina Herrera!

Eu confesso que era apaixonada pelo 212, só que eu queria uma embalagem bonita para as fotos!

Então, o escolhido foi:



Ele é ótimo!
Não é enjoado!
Adorei!

terça-feira, 22 de maio de 2012

Relato 2 - Acessórios


Continuando os relatos!

Apesar de não ser muito comum. Eu queria porque queria usar um cordãoazinho. Eu me sentia muito sem nada com o colo sem cordão.
E a minha ideia era um cordão com laço. Só que eu estava com muito medo de ser muito laço pra uma pessoa só.

Meu sapato tinha laço, meu vestido tinha laço e eu queria laço no cordão e no brinco.

Conversei com a Carol e ela me disse que se fossem sutis não haveria problema.

Rodei várias lojas no centro e nada de achar o cordão e brinco simples com uma laço.

Até que pelas minhas andanças peça internet eu achei o Site Lady Magnolia. Achei o meu conjunto perfeito...



 
Ah, meu outro acessório foram as flores de cabelo.
Essas eu ganhei da Carol Hungria. Não ficaram fofas!!!???

Palhaçadas da Juliana Pessoa e a Equipe Macuca!

https://mail.google.com/mail/images/cleardot.gif

quarta-feira, 16 de maio de 2012

Relato 1 - O Sapato

Vou começar esse relato com um coisa muito boba. Só para deixar vocês muito curiosas! 

Lembro em agosto do ano passado a Carol me intimou a ter o sapato na minha próxima prova, que seria no inicio de dezembro. Como eu ainda tinha muito tempo acabei não procurando, mas eu sabia que queria algo não muito alto, mas com um laço channel.

Quando cheguei em novembro comecei a procurar e não achava nada colorido com laço channel. De repente, passeando pelo shopping leblon depois de tirar o passaporte achei um sapato vermelho com laço channel. Só que ele tinha 12cm.

O sapatão

Fiquei na dúvida, mas já estava chegando o dia da prova e acabei comprando. Fiz todas as provas com ele, andava com ele em casa para acostumar e não me machucar.

Na penúltima prova eu comecei a perceber que não ia rolar. Eis que alguém falou que numa loja do Rio Sul tinha uma sapatilha branca lindinha. Numa das minhas idas ao Rio Sul, achei a sapatilha e comprei só pra garantir.
A sapatilha!

No Big Day, eu passei o dia inteiro com a sapatilha. E pedi para Ju Pessoa levar para casa de Santa Teresa e entregar a Lanna, vai que preciso dela.

Foi a minha salvação. A assistente do Áureo falou que era uma boa ideia eu passar hidratante no pé para ele escorregar mais fácil. Eu fiz, estava correndo, atrasada e com a cabeça em outro lugar.

Acho que isso foi um grande erro. O pé escorregou mesmo e os meus dedinhos me mataram. Eu só consegui fazer o making off que foi dentro do hotel e ficar na cerimônia com ele. Assim, que acabaram as fotos fui direto para a sapatilha!

Um detalhe: já usei a sapatilha uma outra vez depois do casamento e ela me machucou muitoooo. Mas no dia eu nem senti.

Eu sei, eu tenho problemas com sapato. Por isso, nem culpo a loja que comprei. Só que agora não sei o que fazer com ele. Afinal, tem 12 cm e eu só uso sapatilha. 

Se alguém quiser comprar apenas para o making of. Só falar! Olha como fica lindo!

No making of!

terça-feira, 15 de maio de 2012

O último dia

Esse dia foi o mais triste!
Nosso avião teco-teco saía da ilha as 14h30min e só pegavamos o voo de volta ao Brasil as 22h45min.
Nós até pensamos em ir conhecer Caracas, só que o aeroporto internacional, não fica em Caracas e, sim, em uma cidade próxima, Maiqueta. E na sexta-feira tinha sido feriado na Venezuela. Ou seja, nos indicaram não ir a Caracas, pois poderiamos nos atrasar e perder o voo.

Foi um chá de cadeira o tempo que ficamos no aeroporto, mas como ficamos no nacional e depois fomos pro internacional, ainda tinhamos umas lojinhas pra distrair.

O voo de volta foi muito cansativo. Só chegamos no Rio umas 10h de segunda-feira.

Mas não era sobre nada disso que eu ia escrever.

Vamos a ele! O dia começou triste. Tomamos café com o grupo todo e vimos todos saindo pra mais um dia de passeio e nós optamos por ficar em gran roque e conhecer a ilha. Pensamos em ir no farol, mas estava muito quente e desistimos.

Nosso lar por alguns dias

Assim foram os últimos minutos na ilha.
Assim, eu finalizo os post sobre a Lua de Mel.

A Juliana Pessoa me disse que talvez eu tenha as fotos do casamento nessa semana. Se eu tiver, começo os relatos do casamento. Senão eu começo pelas listas de presentes e as dores de cabeça que tivemos

segunda-feira, 14 de maio de 2012

sexta-feira, 11 de maio de 2012

Penúltimo dia

Este foi o penúltimo dia que ficamos em Los Roques, mas foi o último dia que fizemos passeio.
Acho que este último dia foi o mais incrivel.

Nossa primeira parada foi em Sebastopol. Sabe o que é um punhado de areia no meio do mar? É Sebastopol!!!

Todos brasileiros, todos na mesma pousada.

Não sei se dar pra ter uma noção, mas olha o barco e olha onde eu estou. Pouquinha areia nessa ilha.
Ficamos uns 40 minutos, fizemos snorkel e fomos pra outra ilha. Nessa nem tinha onde colocar barraca!

Nossa segunda parada foi muito surpresa. O lugar de chama "Boca Del Medio". Mais uma vez o barqueiro parou o barco no meio do nada e disse: É aqui! Podem pular!" Tudo bem que eu tô melhorando no snorkel, mas a gente estava em mar aberto e tinha umas ondinha de dar medo. Mas depois que quase todos foram eu não podia pagar esse mico, né!

Pulei e quando coloquei a mascara. Eu vi o maior coral que eu tinha visto na vida!!! Valeu demais vencer o medo.


E nossa última parada foi Bajo Fabian. Este é o local onde os mais aventureiros fazem KiteSurf. Mas é otimo para ficar sentado na cadeira pedindo pra esse dia não acabar porque é o último.


quinta-feira, 10 de maio de 2012

Los Roques: Quarto dia

Neste quarto dia, eu lembrei muito do Brasil. Em todos os passeios de barco que fizemos ouviamos a música da moda: Dança Kuduro!

Inclusive, o nosso barqueiro era um caribenho bem Brasileiro!

Nossa primeira parada foi em Noroski, uma prainha lindinha. Ficamos pouco tempo, mas deu tempo pra fazer Snokel e ser atacada por mosquitos! Só eu fui atacada dos 8 integrantes do grupo.

Noroski

Nossa segunda ilha foi Crasqui! Gente, eu não dava nada por essa prainha!! Era apenas mais uma prainha com restaurante para gente comer Ceviche!! Mas quando entramos na trilha escondida, achamos uma outra ilha!!!


É tudo concha!!!!

E por último ficamos na lagoa de rabusqui! O barqueiro desligou o barco no meio do mar e disse: "É aqui!" E de repente nós vimos um monte de ...




terça-feira, 8 de maio de 2012

Meu compacto: Macuca Produções

Eu sei que ainda falta o quarto e quinto dia da lua de mel.
Mas hoje eu recebi um Big Presente então vamos dar uma rápida parada e contemplar!!!

sábado, 5 de maio de 2012

Terceiro dia em Los Roques

O terceiro dia em Los Roques foi o dia do passeio mais esperado!
Sempre que pesquisavamos sobre o nosso paraíso encontravamos muitos bons comentários sobre a praia - Cayo Del Agua. As fotos nos mostravam uma praia linda que tinha um pequeno trecho que estariamos num pequeno pedaço de terra entre o restante de água!

Bom, eu, realmente, gostei muito de Cayo del Agua. Só que no dia que fomos choveu um pouquinho.
Foi engraçado ver o céu de um lado superazul e do outro negro. Eu gostei da chuva. É bom pra dar um descanso a pele, afinal, seriam 5 dias de puro sol. E enquanto chovia, nós fizemos Snorkel. Acho que foi o primeiro dia que fiz com pé de pato e foi muito legal.

Cayo del Agua

Snorkel

Acabei ganhando uma lembrança que tenho até hoje. Um belo corte no joelho. Afinal, com o mar um pouco agitado, eu indo pela primeira vez mar a dentro e muitos corais pela frente, até que foi um corte pequeno.

Depois de Cayo del Agua demos uma passada em Spenki, uma ilha superpequena. Só uma passada mesmo.

E por fim fomos num projeto de proteção as tartarugas. Custou 10 bolivares (menos de 2 reais) para entrar, ver as tartarugas e ouvir as explicações do projeto.






Rumo ao penultimo dia